Televendas Rastreamento 0800-855-5888
Roubo e furto Rastreamento 0800-775-6001
carro-elétrico

Tudo o que você precisa saber sobre carros elétricos

Carros elétricos de bateria (BEVs): estes veículos são totalmente alimentados por baterias e não possuem um motor de combustão interna. Eles precisam ser recarregados em uma estação de carregamento elétrico.

Híbridos plug-in (PHEVs): os PHEVs combinam um motor elétrico com um motor a combustão interna, permitindo que o veículo funcione com eletricidade ou combustível. Eles podem ser recarregados em uma tomada elétrica.

Nos últimos anos, os carros elétricos têm ganhado destaque no mercado automobilístico. Veja tudo o que você precisa saber sobre eles.
carro voador

Carro Voador brasileiro: como será?

Diretamente dos filmes de ficção científica os carros voadores estão mais próximos da realidade do que nunca. A gigante da aviação brasileira está trabalhando incansavelmente em um projeto revolucionário: um carro voador brasileiro.

Embora já tenhamos carros autônomos percorrendo nossas estradas, a ideia de um veículo que pode decolar verticalmente e voar como um avião parece quase inacreditável. No entanto, a Embraer está determinada a tornar esse sonho uma realidade. Conheça mais detalhes desse projeto:

Mobilidade Urbana Revolucionária

O carro voador é projetado para enfrentar um dos maiores desafios das grandes cidades: o trânsito congestionado. Ele tem a capacidade de decolar e aterrissar verticalmente, o que significa que pode ser usado em espaços reduzidos, como helipontos urbanos, proporcionando uma nova dimensão à mobilidade urbana.

Como funciona?

O eVTOLs funcionará como transporte por aplicativo, você fará a reserva por meio do seu smartphone. A ideia da empresa é atender voos mais curtos, que não passarão dos 100 km. Segundo levantamentos da Eve, para cada 1h30 a 2h de trajeto terrestre (com carros e trânsito), o mesmo pode ser realizado por um eVTOL em apenas 9 minutos.

Tecnologia de Ponta

A Embraer está aplicando sua experiência em aviação para criar um veículo seguro, confiável e eficiente. Isso inclui sistemas avançados de navegação, controle e propulsão. Além disso, o carro voador brasileiro será projetado para ser ecologicamente correto, usando tecnologias de propulsão elétrica para minimizar seu impacto ambiental.

Parcerias Estratégicas

A Embraer está ciente de que o desenvolvimento de um carro voador é um desafio complexo que requer colaboração. Por isso, a empresa está estabelecendo parcerias estratégicas com outras empresas e instituições de pesquisa para levar adiante esse projeto ambicioso.

Perspectivas para o Futuro

Embora o carro voador brasileiro ainda esteja em fase de desenvolvimento, as perspectivas para o futuro são empolgantes. Se bem-sucedido, ele pode revolucionar o transporte urbano, aliviando o congestionamento nas estradas e proporcionando viagens mais rápidas e eficientes.

Qual a documentação necessária?

Por se tratar de um veículo totalmente inédito, os órgãos reguladores dos veículos voadores – entre eles, Agência de Aviação Civil do Brasil (Anac), Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e Associação Brasileira de Aviação Geral (Abag) – estão em processo de desenvolvimento das normas para a pilotagem dos eVTOLs.

Ainda há muitos desafios a serem superados, incluindo regulamentações de segurança e questões de infraestrutura. Mas, com a determinação e o conhecimento, o futuro da mobilidade urbana pode estar prestes a mudar para sempre com o carro voador.

A Embraer está trabalhando incansavelmente em um projeto revolucionário: um carro voador brasileiro. Conheça mais detalhes desse projeto.
guarda preenchendo multas de trânsito e condutor dentro do carro

Multas de trânsito: como ter desconto e novas formas de pagamento

As multas de trânsito são uma realidade para muitos condutores, mas o processo de pagamento está passando por uma evolução significativa nos últimos anos. Com o avanço da tecnologia e a busca por mais comodidade e praticidade, novas formas de pagamento estão sendo implementadas, como o PIX, boleto bancário e cartão de crédito. Além disso, o Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) oferece um desconto de 40% para quem aderir ao serviço.

CONHEÇA AS NOVAS FORMAS DE PAGAMENTO

PIX: pagamento instantâneo e sem taxas

Uma das grandes novidades no sistema de pagamento de multas de trânsito é a possibilidade de utilizar o PIX. Para pagar uma multa utilizando o PIX, basta acessar o aplicativo ou internet banking do seu banco, selecionar a opção de pagamento via PIX e inserir a chave de pagamento fornecida pelo órgão de trânsito. Além de ser um processo ágil, ele geralmente não possui taxas, o que representa uma economia para o condutor.

Boleto Bancário: opção tradicional com praticidade

Apesar de ser uma opção mais tradicional, o pagamento de multas de trânsito por boleto bancário ainda é uma alternativa bastante utilizada. Nesse caso, o condutor recebe o boleto gerado pelo órgão de trânsito, contendo todas as informações necessárias para efetuar o pagamento em qualquer agência bancária, casa lotérica ou pelo internet banking. Embora o processo possa levar alguns dias para ser concluído, o boleto bancário oferece praticidade e permite que o pagamento seja realizado em diversas formas, como dinheiro, débito em conta ou cartão de crédito.

Cartão de Crédito: flexibilidade e parcelamento

Outra opção que está ganhando destaque é o pagamento de multas de trânsito por meio do cartão de crédito. Essa modalidade oferece a vantagem da flexibilidade, permitindo ao condutor quitar o valor da multa de forma integral ou parcelada, de acordo com as opções disponíveis no momento do pagamento.

SISTEMA NACIONAL DE NOTIFICAÇÃO ELETRÔNICA (SNE)

Essa é uma importante iniciativa para incentivar os motoristas a pagarem suas multas de trânsito de forma ágil e responsável. Ao aderir a esse sistema, o condutor passa a receber as notificações de infrações de trânsito de forma eletrônica, por meio de um aplicativo ou site específico.

Como aderir ao SNE

Os motoristas conseguem aderir ao sistema por meio do aplicativo da Carteira Digital de Trânsito ou no Portal de Serviços da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran).

CDT – faça login, clique em ‘Infrações’. Então, selecione ‘infrações por infrator’ ou ‘infrações por veículo’. Assim, irá aparecer na tela “Aderir ao SNE’. Preencha os dados solicitados para finalizar a adesão.

Senatran – faça login, no canto esquerdo da página localize “Sistema de Notificação Eletrônica (SNE)” e clique em ‘Minha Adesão ao SNE’. Depois disso, preencha seus dados pessoais e clique em ‘Aderir’. Você irá receber um e-mail para a ativação do cadastro, confirme as informações preenchendo os dados do campo ‘Documentação’.

Como obter o desconto de 40%

Para obter o desconto completo, o motorista que cometeu a infração precisa reconhecer o ato e não apresentar recurso. Além disso, é necessário pagar a taxa antes da data de vencimento.

O desconto de 40% oferecido pelo Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) é uma excelente oportunidade para economizar e regularizar sua situação de trânsito de forma vantajosa.

As multas de trânsito possui novas formas de pagamento. E, o Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) oferece 40% de desconto para aderidos. Confira.
Carros para PCD

Carros para PCD: como conseguir esse direito

No Brasil, a isenção de carros para PCD é um assunto cada vez mais procurado. Devido as mudanças na lei e as regras que envolvem o benefício, muitas pessoas ficam na dúvida de como devem prosseguir. Por isso, preparamos uma matéria para responder as principais perguntas sobre o assunto. Confira!

Quem tem o direito de comprar um carro PCD?


Atualmente a lista de condições médicas que permite requisitar isenções para carro PCD inclui 47 deficiências e doenças. Segundo a Abridef (Associação Brasileira das Indústrias e Revendedoras de Produtos e Serviços para Pessoas com Deficiência), a lista anterior apresentava muitas doenças brandas e faria com que quase metade dos motoristas brasileiros tivessem direito ao benefício.

Em alguns casos, se a pessoa com deficiência não dirigir, a isenção é válida para o representante legal.  

As condições médicas que atualmente valem para requisitar o benefício são:​

DOENÇASDEFICIÊNCIAS
Alguns tipos de câncerAmputações
Artrodese (com sequelas)Cegueira
ArtroseDeficiência Mental (severa ou profunda)
AutismoDeficiência Visual
AVCDeformidades congênitas ou adquiridas
AVEDeficiência Congênita
Bursite e Tendinite gravesEncurtamento de membros e más formações
Contaminação por radiaçãoLesões com sequelas físicas
Doença de Paget em estados avançadosNanismo
Doença de ParkinsonMastectomia
Doença renal, do fígado ou do coraçãoParalisia Cerebral
Doenças DegenerativasParalisia irreversível e incapacitante
Doenças NeurológicasParaplegia
Esclerose MúltiplaPoliomielite
Escoliose AcentuadaProblemas graves na coluna
HanseníasePróteses internas e externas
Hérnia de DiscoQuadrantectomia
LinfomasTetraparesia
Síndrome do Manguito RotadorTetraplegia
Neoplasia maligna 
Neuropatias diabéticas 
Ponte de Safena (quando há sequelas ou limitações) 
Renal Crônico com uso de fístula 
Reumatoide 
Síndrome do Túnel do Carpo 
Talidomida 
Tendinite crônica 
Tuberculose ativa
Tabela de dificiências e doenças com direito a isenção de carros PCD

Quais impostos os carros PcD são isentos?


As pessoas com deficiência física, visual, auditiva, mental severa ou profunda, ou transtorno do espectro autista tem direito a isenção de IPI, para um único carro, a cada 3 (três) anos. No caso de motoristas profissionais (taxistas) a isenção pode ser solicitada a cada dois anos.

A isenção de IPI é limitada para carros com motor de até 2.000 cilindradas (2.0), com, no mínimo, 4 portas incluindo o bagageiro e movidos a combustível de origem renovável, sistema reversível de combustão, híbrido ou elétrico.

Já a isenção de IOF pode ser obtida somente uma única vez e aplica-se apenas a automóveis de passageiros de até 127 HP de potência bruta, segundo a classificação normativa da Society of Automotive Engineers (SAE).

Quanto ao valor do automóvel, é possível adquirir um carro no valor de até R$ 200 mil, com a isenção total do tributo federal (IPI), até 2026. Anterior à aprovação das novas regras, o teto para isenção do IPI era de R$ 140 mil.

Já para receber a isenção de ICMS, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, que é um imposto estadual, é preciso que o carro PcD tenha valor máximo de R$ 70 mil, no entanto, também é possível recorrer ao tributo parcial, com teto até R$ 100 mil, em que beneficiário deve pagar o imposto com base na diferença de preço entre os R$ 70 mil isentos e o restante do valor.


Quais documentos são necessários?


A lista de documentos é extensa e você pode consultar todas as atualizações direto pelo site de informações do Governo Federal.


Como alterar a CNH (habilitação) para carro PCD?


Para obter a nova CNH, os condutores com deficiência devem agendar o processo no Detran de seu estado. O primeiro passo é agendar um exame feito pela Junta Médica Especial em uma clínica credenciada, que pode solicitar laudos e exames de outros especialistas.

Após a aprovação da Junta Médica Especial, o condutor inicia o processo padrão com aulas teóricas do CFC, exame teórico, aulas práticas e exame prático. O exame prático é realizado com um carro vistoriado por um perito do Detran e, em alguns casos, o candidato pode usar o próprio veículo para o teste.

Para os responsáveis legais, não é necessário fazer nenhuma alteração na CNH.


Quais as regras para vender ou trocar o carro PCD?


Em janeiro de 2022, a lei foi alterada e agora o proprietário precisa ficar com o carro por quatro anos. Caso precise vender o veículo antes desse período, terá que pagar pelos tributos que não foram cobrados no momento da compra do automóvel. Existe somente uma exceção: se a venda for realizada para outra pessoa com deficiência, que já tem direito ao benefício.

Quando uma outra pessoa sem direito às isenções nos impostos adquirir o carro, terá que pagar o IPVA residual.

Somente quem comprou o carro PCD antes da nova lei poderá vendê-lo dentro do prazo anterior de 2 anos.

Agora você já sabe tudo sobre como adquirir um carro PCD! Fique sempre atento ao nosso blog para ficar por dentro de dicas e notícias do universo automotivo!

No Brasil, a isenção de carros para PCD é um assunto cada vez mais procurado. Conheça as regras!
Nova Lei do Insulfilm

Nova lei do insulfilm: saiba o que mudou

O uso de películas nos vidros dos carros oferece conforto, privacidade e até mais segurança para o condutor, mas você sabia que desde o final de 2022 o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) estipulou novas regras para o uso que já estão valendo em 2023? Conheça abaixo detalhes da Nova lei do insulfilm.

Quais os motivos das mudanças na lei?


A Nova lei do insulfilm tem como objetivo combater o uso de películas de má qualidade, as tinturadas, teflon ou com segurança antivandalismo – que impede a quebra caso o vidro seja atingido por bandidos, na maioria das vezes não atendem as especificações e podem causar problemas para o motorista.

Que tipos de insulfilms são permitidos?


A luminosidade permitida é de 70% para para-brisas e vidros laterais dianteiros, independentemente da cor do material. Antes o limite era de 75%.

Já nos vidros traseiros e laterais traseiros, não existe mais a exigência de um percentual mínimo de passagem de luz, que antes era de 28%.

Também está proibido manter no veículo películas com bolhas, principalmente nos vidros laterais dianteiros e para-brisa. O Contran, informa que essa imperfeição pode comprometer a visão do condutor e causar acidentes.

Além disso, as películas refletivas e opacas foram proibidas, pois impedem a passagem de luz e podem interferir na visibilidade do motorista. Neste caso, a regra vale para qualquer vidro do veículo.

A nova lei inclui ainda máquinas agrícolas, rodoviárias, florestais e veículos destinados a circulação fora das vias públicas.

Quais as penalidades para os veículos fora das regras?


Caso o proprietário do veículo trafegue com o insulfilm fora do padrão nos vidros da frente, ou sem o certificado válido para a película – uma marcação nos vidros que indica o grau de visibilidade, será autuado com uma multa grave.

A punição é o pagamento de uma multa de R$195,23, cinco pontos na CNH e apreensão do veículo para regularização.

Fique atento a nova lei do insulfilm e confira se o seu veículo está dentro dos padrões estabelecidos para não ter nenhuma dor de cabeça ou gastos desnecessários!

Você sabia que as regras de uso do insulfilm mudaram? Conheça mais sobre a Nova lei do insulfilm!
carro voador japonês

Carro voador japonês deve operar até 2025

A previsão é que até o ano de 2025, o primeiro carro voador japonês transite pelo céu do Japão. Desde 2017, a empresa japonesa SkyDrive tem trabalhado no protótipo de um modelo eVTOL (de decolagem e aterrissagem vertical elétrica).

Após adquirir ainda mais conhecimento durante esses anos, a companhia alega ter desenvolvido o modelo ideal de carro voador, que está pronto para obter as aprovações oficiais necessárias para operar no Japão.

O modelo é o SD-05, ele possui oito hélices que podem fazê-lo se deslocar a mais de 100 km/h, peso de decolagem de até 500 kg e autonomia de voo de mais de 30 minutos.

A empresa SkyDrive, com apoio da Suzuki, chegou a um acordo com o Escritório Civil de Aviação Civil Japonesa (JCAB) do Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo (MLIT) para uma primeira certificação para o SD-05. O retorno da JCBA foi positivo, em seu manual ela diz que é “flexível quanto à forma da estrutura do avião e do sistema da aeronave”.

Agora após obter toda a certificação que pode demorar mais alguns anos, o carro voador japonês será liberado.

O que você achou dessa novidade? Deixe a sua opinião nos comentários! Se quiser ficar por dentro do mercado automotivo, acompanhe nossa página de notícias.

A previsão é que até o ano de 2025, o primeiro carro voador japonês fabricado pela empresa Skydrive transite pelo céu do país.
Desconto no IPVA

Bons motoristas podem ter desconto no IPVA em diversos estados

No último mês, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) publicou as regras do Registro Nacional Positivo de Condutores (RNPC) que prevê que os motoristas cadastrados no programa tenham benefícios, como desconto no IPVA ou licenciamento.  

O novo Código Nacional de Trânsito entrou em vigor em abril do ano passado e já previa o RNPC, com o intuito de beneficiar os condutores que não cometessem infrações por 12 meses, mas somente no mês de maio as regras foram definidas e o projeto oficializado.

A deliberação afirma que as normas serão implementadas em até 180 dias, aproximadamente em novembro deste ano. Neste período, serão realizados todos os cadastros positivos e as devidas consultas para aprovação.

Como é possível participar e receber desconto no IPVA?

Para ser cadastrado no Registro Nacional, o condutor precisa conceder autorização prévia, no aplicativo ou outro meio eletrônico regulamentado pelo governo federal.

O condutor será excluído do programa ao receber uma infração de trânsito; caso esteja com o direito de dirigir suspenso; se a sua Carteira Nacional de Habilitação estiver vencida ou cassada há mais de 30 dias; se estiver cumprindo pena privativa de liberdade; ou se requisitar a exclusão.

As vantagens serão determinadas pelos governos estaduais e municipais nos próximos meses. A atualização da listagem, com os dados dos motoristas que ainda estão inclusos no RNPC, é feita no oitavo dia útil de cada mês.

Os gaúchos foram os pioneiros do programa

No estado do Rio grande do Sul isso já é realidade, a legislação está em vigor desde o ano de 1999 e é conhecida como lei do “Bom Motorista”. Nesta região, os descontos no IPVA são concedidos de acordo com o número de anos sem infrações. Os condutores que não registraram nenhuma multa nos últimos três anos recebem redução de 15%, já quem não foi autuado nos últimos dois anos tem 10% e depois de um ano tem direito a 5%. Segundo dados oficiais, o benefício atingiu em 2022 quase metade da frota tributável com o IPVA no estado, em torno de 46%.

E você, deseja se qualificar para o programa e receber descontos no IPVA? Compartilhe a sua opinião nos comentários!

O Registro Nacional Positivo de Condutores (RNPC) prevê benefícios para os motoristas.

ÁREA DOS INSTALADORES

Cadastre-se e tenha acesso a uma área exclusiva com vídeos e treinamentos que irão auxiliar o seu trabalho

CYBER PX 360BT

CYBER PX 360BT

CYBER PX 360BT

CYBER PX 360BT

ver todos

Nós buscamos a transparência em todas as nossas relações. Sendo assim, informamos que utilizamos cookies para aprimorar a sua experiência de navegação e adaptar seus interesses e necessidades.

Para consultar mais informações sobre os tipos de cookies utilizados em nossa plataforma, acesse o nosso Aviso de Privacidade.

fechar